Publicidade

Publicidade

Arquivo de julho, 2009

31/07/2009 - 09:00

Esquecendo da vida

Compartilhe: Twitter

Sabe aquelas épocas em que sua vida está uma droga, nada dá certo, você está sem dinheiro e ainda tropeça na frente da balada? Imagine que essa tenha sido a sua última lembrança ao acordar num hospital totalmente chique, cheio das frescuras e com uma enfermeira que fica o tempo todo contigo. Estranho, né?

Isso foi o que aconteceu com a Lexi, personagem principal do livro “Lembra de mim?”, de Sophie Kinsella – a mesma autora da série “Os delírios de consumo de Becky Bloom”. Assim que ela consegue se levantar da cama e olhar o reflexo no espelho parece que tem outra pessoa ali: ela é magra, com o cabelo e a pele bem cuidados, unhas feitas; aquele tipo de mulher que ela sempre invejou em silêncio.

Depois de algum tempo ainda descobre que é casada, tem um superemprego e dinheiro deixou de ser um problema. Como ela conseguiu chegar até essa vida? Ela não se lembra de nada, está com amnésia e pode ser que nunca se lembre daqueles anos perdidos. E agora? Começar tudo de novo?

A história de Lexi vai muito além de um capítulo de “Samantha Who”, série de televisão que também fala de uma garota que não lembra das coisas. Com ela você vai aprendendo o que tem valor, o que é importante e que, de vez em quando, é bom rever o caminho que você escolheu para chegar até seus objetivos.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags: , , ,
19/07/2009 - 08:45

Muito melhor do que um beijo

Compartilhe: Twitter

Adolescentes podem ter problemas enormes apenas por causa de um cabelo que não é perfeito ou uma roupa escolhida errada, mas isso pode ficar ainda pior se sua família não é um exemplo, ou não chega nem perto diso.

Libby é bonita, magra, com cabelos pretos e lisos, mas isso não é o suficiente para sua vida ser bacana. Ela não pode levar ninguém a sua casa, mas apenas por causa da vergonha que tem de tudo ser bastante estranho e nunca saber o que pode acontecer depois da última cerveja que seu pai tomar ou o último pedaço de frango frito que sua mãe comer.

Antes da volta às aulas, uma decisão é tomada: esse será o ano em que ela e sua melhor amiga encontrarão os caras certos para dar um beijo para valer. E quando tudo parece estar se aproximando de dar certo… As coisas tomam um rumo que combina totalmente com a família dela – inesperado.

A garota precisa mudar de cidade e ainda se adaptar a uma nova escola, novos amigos e o pior, tudo isso no meio do deserto, com aquele calor enlouquecedor e uma vida totalmente diferente daquela esperada no começo do ano. E agora, qual o caminho que a vida de Libby vai tomar?

A autora de “Um beijo pra valer” é Mary Hogan, a mesma que escreveu “Garota Perfeita”, que também é ótimo. Você vai ter dúvidas junto com Libby, sofrer, passar vergonha e tentar dar a volta por cima. Muito mais profundo do que o título sugere, esse livro vai te mostrar outros lados da vida.

Quer ler o primeiro capítulo? Vai lá no site da Galera Record!

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags: , , , , , , , , ,
03/07/2009 - 09:00

Muito além da rebeldia

Compartilhe: Twitter

Qual adolescente não passa por uma fase de rebeldia, nem que isso seja cortar o cabelo sozinho ou pintar as unhas de preto? O problema é que essa fase rebelde de Cyd Charisse – sim, o nome dela deve ter influenciado nesse gênio difícil – tem durado muito mais do que devia; a garota até conseguiu ser expulsa de um colégio interno…

Ao voltar a morar com a mãe, o padrasto e os irmãos em São Francisco. Cyd estava ocupando seu tempo estudando numa escola alternativa, que ela dizia ser uma desculpa para filhos de gente rica ter o que fazer além de dar trabalho, e o serviço comunitário num asilo. Foi nesse lar para idosos em que Cyd conheceu Pão-Doce, sua melhor amiga e confidente, mesmo que os anos entre a idade das duas somem mais do que a idade da garota rebelde.

O serviço comunitário não deu apenas uma melhor amiga à Cyd, mas também uma paixão. Foi lá que ela conheceu o amor da sua vida – até o momento -, o cara mais legal do mundo – segundo ela -, o Siri, um surfista gatinho que a faz suspirar. E além de suspirar, a faz ter coragem de dormir fora de casa e voltar na manhã seguinte, na maior cara de pau. Adivinha se isso não daria problema?

E o problema foi resolvido mandando Cyd Charisse para Nova York. Não, ela não foi sozinha para a cidade mais legal do mundo todo… Ela foi encontrar o pai que ela viu uma única vez na vida. E o dia em que ela conheceu o pai não sai de sua cabeça, já que foi o mesmo dia em que ele deu a ela a Pão-de-mel, a boneca e companheira de Cyd.

Conforme foi crescendo, Cyd Charisse começou a pesquisar sobre a vida do pai e até falou uma vez com ele ao telefone porque precisava de grana pra sair de uma enrascada! Durante as pesquisas ela descobriu que tinha uma irmã e um irmão. Ela sonhou muito tempo com a possibilidade de conhecê-los e conviver com sua outra família. Essa hora chegou e não vai ser exatamente como ela havia imaginado…

Pão-de-mel é o primeiro livro de Rachel Cohn e já é ótimo, imagina como será Siri, o seguinte dela? Esse livro vai além de uma história bonitinha de amor, é muito mais profundo e mexe de verdade com a gente. Vale totalmente a pena esquecer do mundo e lê-lo.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags: , , , , , , , , , , , , , ,
Voltar ao topo